Hamilton pede mais ação das equipes da Fórmula 1 na luta contra o Racismo

O hexacampeão mundial da Fórmula 1 Lewis Hamilton elogiou sua equipe, a Mercedes, por se posicionar contra o racismo, mas disse, depois de vencer o Grande Prêmio da Áustria de domingo 12/07, que a equipe Ferrari e outras equipes deveriam fazer mais. O piloto britânico se ajoelhou com 11 pilotos antes da corrida, vestindo uma camiseta do movimento Black Lives Matter e, em seguida, ergueu o punho em seu carro e no pódio após vencer no Red Bull Ring.

Foi o segundo fim de semana consecutivo em que os pilotos se ajoelharam antes do início da corrida, embora nem todos o tenham feito. Ajoelhar-se se tornou um ato comum de protesto contra o racismo e a brutalidade policial desde o assassinato, em 25 de maio, de George Floyd, morto sob custódia de um policial branco em Mineápolis, que provocou uma onda global de tristeza e indignação.

Hamilton ainda deu a seguinte declaração para imprensa – “Vimos que os mecânicos da Red Bull se ajoelham, o que eu acho ótimo, mas como empresas e equipes…se você olhar para a Ferrari, que tem milhares de pessoas trabalhando com eles, não ouvi nenhuma palavra da Ferrari dizendo que eles se responsabilizam, e é isso que eles farão pelo futuro” finalizou o piloto.

Fonte – Uol Esporte

Foto – Mark Thompson/Reuters

MAIS NOTÍCIAS
COMENTÁRIOS
Carregando...
×