--:--
--:--
  • cover
    Rádio Fraiburgo 95.1
JUNHO VERMELHO 2024

BAIXAR APP's

Entenda porque a gralha-azul, tradicional ave da fauna catarinense, na verdade não é azul

SEMANA DO MEIO AMBIENTE 2024
JUNHO VERMELHO 2024

As gralhas-azuis são restritas à região Sul e à Serra do Mar de São Paulo. Das 698 aves identificadas no Estado, a gralha-azul possui a reputação de ser uma semeadora de araucárias. Na verdade, a ave agarra vários pinhões e, ao voar, algumas destas sementes caem, para então terem a chance de dar origem a novas árvores. A araucária também é conhecida como pinheiro-brasileiro. Essas árvores podem atingir alturas acima de 50 metros, com um diâmetro de 2,5 m, e podem viver 700 anos. A gralha-azul é o principal animal disseminador da espécie da árvore, já que, durante o outono, estocam os pinhões para se alimentar. Os pinhões são enterrados no solo e formam novas árvores

Uma curiosidade é que a gralha não é azul. Aliás, o pigmento azul é extremamente raro na natureza e ausente em vertebrados terrestres. Assim, todo e qualquer azul observado nesses animais depende da incidência da luz do sol sobre as penas. A ave mede cerca de 40 cm de comprimento. O nome é por causa da coloração azul no corpo e preta na cabeça e no pescoço. Os machos e fêmeas têm a mesma plumagem, porém, as fêmeas são menores.

Parentes com um curioso nome em comum. As gralhas brasileiras são pertencentes ao mesmo gênero, o Cyanocorax. A palavra deriva do latim: cyano significa azul e corax significa corvo. Não por menos, as nove espécies encontradas no Brasil apresentam tons azuis em alguma parte de seu corpo.

Na reprodução das gralhas são postos entre 4 e 7 ovos, que darão fruto aos filhotes que já apresentam tons azuis desde jovens — Foto: Rudimar Narciso Cipriani

No período reprodutivo da ave, entre outubro e março, todos os indivíduos colaboram para a construção de ninhos nas partes mais altas das mais altas árvores. O ninho possui cerca de 50 cm de diâmetro, em forma de taça. Na reprodução das gralhas são postos entre 4 e 7 ovos, que darão fruto aos filhotes que já apresentam tons azuis desde jovens.

Tão chamativos quanto os detalhes coloridos é o canto dessa família. Grandes e barulhentas, as gralhas são facilmente identificadas na natureza. Como parentes distantes dos corvos, elas também herdaram a inteligência como atributo e podem até se tornar visitantes inusitados.

De acordo com as informações do Parque Nacional das Araucárias, localizado nos municípios de Ponte Serrada e Passos Maia, no Oeste, a mata de araucárias produz o pinhão, principal alimento da dieta das aves. Por essa razão, também precisa ser preservada.

A gralha-azul, Cyanocorax, é a ave é símbolo da Festa do Pinhão, de Lages, na Serra. Por isso, tradicionalmente é associada a essa região do estado e também às florestas de araucárias.

Últimas Notícias