Polícia reforça monitoramento de redes sociais para evitar festas e aglomerações

O comandante-geral da Polícia Militar de Santa Catarina, Dionei Tonet, afirmou nesta sexta-feira (22) que o setor de inteligência reforçou as ações para fiscalizar possíveis organizações de festas e eventos pelas redes sociais, que descumprem as medidas de isolamento social adotadas pelo Governo de Santa Catarina contra o novo coronavírus.

“Nós já colocamos, desde ontem, os serviços monitorando as mídias sociais, os grupos, que acabam gerando esse tipo de conversa sobre combinados que pretendem fazer”, disse.

Tonet contou que proprietários de imóveis que contrariam as medidas determinadas na quarentena estão sendo notificados. No fim de semana anterior, 58 festas foram interrompidas no estado.

O comandante-geral da PM informou ainda que atualmente há oito policiais militares de Santa Catarina diagnosticados com coronavírus, que estão afastados de suas funções.

Fonte: G1

MAIS NOTÍCIAS
COMENTÁRIOS
Carregando...
×