Após veto dos treinos em Florianópolis diretoria do Avaí busca alternativa

O prefeito Gean Loureiro foi muito firme e defendeu a posição de ainda não liberar a capital para os treinos de futebol. Já o presidente do Avaí, Francisco Battistotti, apelou para uma reconsideração da prefeitura. Mas o que ficou no ar é que a divergência entre as partes vai persistir.

Com a posição do prefeito, e de sua equipe técnica, o Avaí vai buscar uma alternativa.

O presidente do Avaí já revelou que o clube já está em conversas com o prefeito de Palhoça, Camilo Martins. A ideia é buscar uma autorização para treinar na cidade vizinha.

A primeira alternativa do Avaí é uma parceria com o Guarani de Palhoça, se houver essa possibilidade e acordos com a prefeitura de Palhoça e com o Guarani, os jogadores Avaí devem treinar lá, no estádio Renato Silveira, nas próximas semanas.

MAIS NOTÍCIAS
COMENTÁRIOS
Carregando...
×