Mensagem especial sobre o Dia Internacional da Mulher

Mulher, incrivelmente mulher, mais especial do que apenas um dia.

 

Aquela que acorda mais cedo que todos, aquela que precisa ser mais forte em mundo ainda tão danoso e tóxico por apenas ser mulher, além do destaque que precisa ser muitas vezes até mais perfeito do que a própria perfeição, mesmo um deslize tão inofensivo quanto alguém do sexo oposto faria, coloca seu trabalho e sua vida em xeque.

Mas é a mulher que está a frente, seja no começo da humanidade, carregando toda uma civilização e a história da Terra dentro de si.
É mulher inventora, a mulher diretora, a mulher á frente do seu tempo, a mulher que colocou homens no espaço também, como a poderosa a física Katherine G. Johnson, que definiu os cálculos para a Apollo 11, esquecida por mais de 50 anos após seus trabalhos.

Ou como Marie Curie, 2 prêmios Nobel em duas categorias distintas, além das milhares de mulheres inventoras, cientistas, engenheiras, doutoras, professoras, a questão não é supervalorizar um trabalho aqui e colocar os outros de lado, é entender que neste século, as pessoas tenham entendimento que a mulher criou, produziu, refez e inventou tudo, mas sempre silenciada.

Que a mulher vá e seja o que ela quiser, que a sociedade seja justa e que a mulher não tenha mais medo, e este maldito medo que ainda assola e esconde mulheres fantásticas ao longo do mundo, suma com o machismo impregnado em todo canto.

O medo de uma mulher pobre entrar em uma faculdade e realizar o seu sonho.

Medo da mulher empregada comprar sua casa.

Medo da mulher andar na rua.

Medo da mulher ir em festa e se divertir.

Medo que ela tem até dentro da sua casa ou na família.

Que isto não exista, nós precisamos deixar um legado para nosso futuro, o mais justo é deixar que a mulher esteja não na frente, nem atrás, mas levar seu crédito tirado ao longo dos séculos, e como sempre esteve ao nosso lado, tem que ser amada e merecida, respeitada e mais do que tudo, RECONHECIDA.

Um feliz e humanamente infinito Dia das Mulheres.

Uma produção do departamento de jornalismo da Rádio Fraiburgo
Texto por Alan Moreira

 

MAIS NOTÍCIAS
COMENTÁRIOS
Carregando...
×