--:--
--:--
  • cover
    Rádio Fraiburgo 95.1

BAIXAR APP's

Campanha Maio Laranja Mobile
Campanha Maio Laranja Mobile
Campanha Maio Laranja Mobile

Festa Nacional do Pinhão deve movimentar mais de R$ 40 milhões

Desde a primeira edição, em 1989, a Festa Nacional do Pinhão se tornou um dos eventos mais aguardados do calendário cultural de Santa Catarina e Sul do Brasil. Lages, na região serrana, é o palco dessa celebração que combina tradição, gastronomia e entretenimento. Além de enaltecer a cultura da Serra, a festa desempenha um papel fundamental no aquecimento da economia da região, especialmente no setor hoteleiro, gastronômico e nos diversos tipos de comércios da cidade.

Por ser um evento tradicional na cidade, a Festa do Pinhão tem um impacto significativo na economia local e serrana. Com a chegada de um maior número de turistas, os setores de comércio e serviços são impulsionados. O setor hoteleiro também registra uma ocupação mais alta durante o período do evento, o que estimula o crescimento econômico da região, de acordo com o presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Lages (CDL), Zulmiro Klann.

Segundo dados da CDL, o comércio local deve ter um aumento de cerca de 35% nas vendas. O que representa cinco por cento a mais em relação ao ano passado e pode ultrapassar os R$40 milhões na movimentação financeira das lojas, hotéis, postos de combustíveis e restaurantes.

De acordo com o Diretor Executivo da CDL Jhonathan Roberto Silva, a Festa Nacional do Pinhão é uma celebração que reflete a identidade cultural da região serrana de Santa Catarina. “Durante os dias do evento iremos motivar os lojistas a decorarem seus comércios e também incentivar os moradores a criarem negócios como aluguel de casas e apartamentos para aproveitar o evento e auxiliar no movimento econômico neste período”, ressalta.

Durante a Festa Nacional do Pinhão, os visitantes têm a oportunidade de vivenciar a riqueza da cultura serrana por meio de apresentações de danças folclóricas, shows de música regional e a tão aguardada gastronomia à base de pinhão, a semente símbolo da festa. Neste período, tanto os turistas como os moradores de Lages buscam o comércio local, especialmente as lojas de calçados e vestuário, para adquirir artigos mais quentes, bonitos e modernos numa preparação para as noites de shows no parque Conta Dinheiro.

Para o empresário Diovane Amaral, que tem loja no Centro da cidade e expõe no Shoppinhão, os dias do evento trazem movimentação e previsão de aumento em até 70% nas vendas. “Nossa expectativa para esse ano é maior quando comparamos com 2023. Nos dias da Festa o aumento nas vendas e de pessoas prestigiando o comércio local é perceptível”.

O evento é um importante impulsionador econômico para a cidade de Lages e toda a região serrana, pois atrai milhares de turistas de todas as partes do Brasil, o que gera movimentação significativa no setor hoteleiro, restaurantes, bares, lojas de souvenirs e diversos outros estabelecimentos comerciais. Um levantamento da Secretaria de Turismo de Lages, aponta que a última edição da Festa Nacional do Pinhão, realizada em 2023, atraiu cerca de 150 mil visitantes durante os nove dias de evento.

Com base nessas informações, o setor hoteleiro é um dos que mais respondem pelo aquecimento do setor econômico na região serrana de Santa Catarina. A taxa de ocupação no momento está em 85% da nos hotéis de Lages. Há empreendimentos com lotação máxima. O Secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Lages Nilson Cruz destaca que a tendência é que as vagas em hotéis se esgotem neste período. “ Isto demonstra a importância econômica do evento para a Serra Catarinense”, pontua.

A Festa Nacional do Pinhão não é apenas um evento festivo, mas sim um verdadeiro catalisador do desenvolvimento econômico e cultural de Lages e da região serrana de Santa Catarina. “ Ao unir tradição, gastronomia e entretenimento, a festa fortalece a identidade local e impulsiona o turismo, gerando empregos, renda e oportunidades para a comunidade. Por essa razão, buscamos priorizar a prestação de serviço local e fomentar e apoiar iniciativas que também possibilitem que este ganho para a cidade de Lages”, afirma Ricardo Avlis, diretor da AME – Arte, Música e Entretenimento, organizadora do evento.

Últimas Notícias