Tenista Brasileiro pode fazer história em Roland Garros

Na manhã deste sábado, por volta das 7h30 (de Brasília), Thiago Monteiro entra em quadra em Roland Garros para superar uma barreira incômoda para os brasileiros que atuam na chave de simples da competição. Desde 2010, com Thomaz Bellucci, nenhum tenista do país alcançou as oitavas de final do torneio, algo que o tenista cearense poderá chegar caso vença Marton Fucsovics (63º do ranking).

Thiago Monteiro vem de uma boa sequência jogando no saibro. Na última semana, o brasileiro atuou em sete partidas no Challenger de Forli, na Itália, e chegou até a decisão, sendo derrotado pelo jovem italiano Lorenzo Musetti. Em Roland Garros, o tenista cearense passou por duas rodadas sem ceder um set sequer, batendo Nikolos Basilashvili (33º do ranking) e Marcos Giron (96º).

No único confronto entre eles, nas oitavas de final do ATP de Hamburgo de 2019, também disputado no saibro, Thiago Monteiro fez uma boa partida, mas acabou sendo superado de virada por Marton Fucsovics em 2 sets a 1, parciais de 6/7 (1), 6/4 e 6/3, em jogo que o húngaro chamou atenção por pular corda para se manter aquecido entre o segundo e o terceiro sets.

O Brasil tem um bom histórico em Roland Garros com os títulos de simples de Gustavo Kuerten em 1997, 2000 e 2001. Nos últimos anos, porém, o país concentrou suas melhores campanhas nas duplas, com o título de Marcelo Melo em 2015. Em 2010, em simples, Thomaz Bellucci avançou às oitavas, mas foi superado por Rafael Nadal, campeão daquele ano.

Fonte – Ge.com

MAIS NOTÍCIAS
COMENTÁRIOS
Carregando...
×