Por vaga antecipada na Copa de 2022, Brasil encara Colômbia nas Eliminatórias

O Brasil pode finalizar a 13ª rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo matematicamente garantido no Catar. Para isso, é preciso bater a Colômbia nesta quinta-feira (11), às 21h30 (horário de Brasília), na Neo Química Arena, em São Paulo.

Se ganhar nesta quinta, a seleção comandada por Tite vai a 34 pontos e abre 18 de diferença para os próprios colombianos, que ocupam o quarto lugar e podem até igualar o Brasil na pontuação final, mas ficarão atrás pelo número de vitórias. Na pior das hipóteses, a equipe canarinho se garante na repescagem mundial em caso de triunfo na capital paulista.

A vaga direta à Copa, portanto, pode ser confirmada na sexta-feira (12), se o Uruguai perder da Argentina como anfitrião no estádio Campeón del Siglo, em Montevidéu. Os uruguaios somam os mesmos 16 pontos da Colômbia, mas ainda podem chegar aos mesmos dez triunfos do Brasil, caso a seleção verde amarela não some mais pontos até o fim das Eliminatórias.

O técnico Tite confirmou a escalação que mandará a campo com quatro alterações em relação ao time que derrotou o Uruguai por 4 a 1 na Arena da Amazônia, em Manaus, no último dia 14 de outubro, pela rodada anterior das Eliminatórias. Retornam o goleiro Alisson, o lateral-direito Danilo, o zagueiro Marquinhos e o volante Casemiro, respectivamente nas vagas de Ederson, Emerson, Lucas Veríssimo (lesionado) e Fabinho. A formação canarinho terá Alisson; Danilo, Marquinhos, Thiago Silva e Alex Sandro; Casemiro, Fred e Lucas Paquetá; Raphinha, Gabriel Jesus e Neymar.

Apesar de ocupar um lugar no G4 das Eliminatórias e estar invicta há nove jogos, a Colômbia vive um momento irregular. A seleção dirigida por Reinaldo Rueda (ex-Flamengo) venceu somente duas vezes nesta sequência, com sete empates. Nos últimos três compromissos, sendo um deles contra o próprio Brasil, em casa, a equipe não saiu do zero.

O atacante Radamel Falcao Garcia, contundido, é o principal desfalque dos Cafeteros (como é conhecida a seleção colombiana). Por outro lado, o meia-atacante James Rodriguez, ex-Real Madrid (Espanha) e atualmente no Al-Rayyan (Catar), foi convocado pela primeira vez após um ano ausente. Vale destacar também as presenças do meia Victor Cantillo (Corinthians) e do atacante Miguel Borja (Grêmio), que representam o Campeonato Brasileiro no selecionado de Rueda.

Créditos – Agência Brasil

 

Share on facebook
Share on linkedin
Share on email
Share on twitter
Share on whatsapp

Últimas Notícias

×