--:--
--:--
  • cover
    Rádio Fraiburgo 95.1

BAIXAR APP's

Campanha Maio Laranja Mobile
Campanha Maio Laranja Mobile
Campanha Maio Laranja Mobile

Empresário antecipa PPR e o 13º para os colaboradores e doa tudo que sobrou da loja

Luciano Hang decidiu doar tudo o que sobrou da loja para as vítimas da enchente no Rio Grande do Sul e antecipou o PPR (Programa de Participação nos Resultados) e o 13º para os colaboradores dessas cidades.

A Havan teve duas lojas inundadas pelas cheias em Lajeado e Porto Alegre, sendo que em Lajeado, a megaloja foi completamente destruída, resultando em um prejuízo entre R$ 20 a R$ 30 milhões. Em Porto Alegre, a água atingiu o primeiro piso, onde ficam a praça de alimentação, banheiros e estacionamentos. Carros que estavam no local ficaram submersos.

Na última quinta-feira (02), a Havan enviou os dois helicópteros para auxiliar na distribuição de medicamentos e mantimentos entre as cidades atingidas e no transporte de pessoas resgatadas.

No sábado (04), o dono da Havan, Luciano Hang, esteve em Lajeado, conversou com os colaboradores e garantiu que todos os empregos serão mantidos. A loja será reconstruída, o que deve levar em torno de três a quatro meses.

Apesar do cenário de destruição dentro da loja de Lajeado, alguns produtos permaneceram intactos. Por isso, Hang decidiu doar tudo o que sobrou às entidades do município para que possam distribuir a quem realmente precisa.

A empresa iniciou também a arrecadação do Troco Solidário para o Rio Grande do Sul. Todo valor de maio será destinado à população gaúcha. Neste primeiro fim de semana de campanha, já foram arrecadados R$ 1 milhão. As doações podem ser feitas em qualquer uma das 176 megalojas Havan em todo o Brasil.

A loja possui unidades em 16 municípios do Rio Grande do Sul, sendo que 7 dessas cidades sofreram com as cheias: Santa Maria, Santa Cruz do Sul, Lajeado, Canela, Porto Alegre, Guaíba e Caxias do Sul.

Últimas Notícias