Jogo do Grêmio pela Libertadores tem data e local alterado

O Grêmio passará pouco mais de 24 horas no Equador. Mas o período terminará recheado de acontecimentos em Quito. Começou com mais dois novos casos de Covid-19, se arrastou por uma proibição para sair do hotel e culminou na mudança do jogo com o Independiente Del Valle para sexta, no Paraguai.

As autoridades do Equador se reuniram de maneira extraordinária após o Grêmio informar os dois resultados positivos nos testes realizados já em solo equatoriano — Paulo Victor e Vanderson. O Comitê de Operações de Emergência (COE) nacional deliberou e não autorizou que o Tricolor saísse do hotel nem que a partida fosse disputada.

O protocolo da Conmebol para as competições prevê o isolamento dos casos positivos e a sequência das atividades mediante testes negativos. O governo equatoriano queria impedir qualquer risco da variante brasileira circular pelo país e optou por proibir não só o treino, mas também o jogo de quarta.

No regulamento da Libertadores está previsto um cenário no qual a equipe mandante não pode receber os jogos no seu país. Já foi assim para o Grêmio na fase anterior. O Peru não recebia brasileiros, e o Ayacucho precisou mandar o jogo justamente em Quito.

O Grêmio agora viaja para o Paraguai para enfim tentar entrar em campo pela Libertadores, na sexta feira as 19h15min.

Créditos – Ge.com

MAIS NOTÍCIAS
COMENTÁRIOS
Carregando...
×