--:--
--:--
  • cover
    Rádio Fraiburgo 95.1

BAIXAR APP's

Irani integra ranking TOP 100 OpenCorps pelo terceiro ano consecutivo

Uma das principais indústrias de papel e embalagens sustentáveis do Brasil, a Irani integra, pelo terceiro ano consecutivo, TOP 100 OpenCorps, ranking de empresas brasileiras que mais se destacam no ecossistema de inovação aberta. A premiação, entregue no ultimo dia 18 de outubro, em cerimônia no Copacabana Palace, no Rio de Janeiro, é organizada anualmente pela 100 Open Startups, plataforma pioneira e líder em open innovation na América Latina. Em 2023, o ranking registrou recorde de indicadas, com mais de 5,3 mil corporações, de acordo com os organizadores.

 

Na edição de 2023, a companhia é uma das três melhores colocadas no setor Florestal, Celulose e Papel, alcançando também a 6ª posição no TOP 10 no segmento Middle Market. Entre as ações que contribuíram para destacar a empresa no cenário nacional de inovação aberta estão o Irani Labs e os aportes realizados em startups por meio da Irani Ventures.

 

Irani tem foco total em startups alinhadas ao ESG

 

No primeiro trimestre do ano, a empresa anunciou edição Irani Labs ESG, com foco em dois de seus pilares estratégicos: inovação e sustentabilidade. Em parceria com o Quintessa, aceleradora de impacto pioneira no Brasil, 72 startups participaram da edição especial do Irani Labs. Deste grupo, 12 selecionadas estão recebendo mentorias e sete finalistas foram escolhidas para implementação de POCs (provas de conceito), colocando em prática suas propostas de trabalho.

 

“Nesta edição, tivemos Basf, IFood e Mercado Livre como parceiros do programa, participando da seleção das startups e ampliando, assim, a visibilidade para todas elas em três grandes multinacionais que atuam no Brasil”, acrescenta Fabiano Alves Oliveira, diretor de Pessoas, Estratégia e Gestão da Irani.

 

Por meio da Irani Ventures, a empresa já aportou R$ 3,8 milhões em três startups, duas delas neste ano, com foco no desenvolvimento de embalagens sustentáveis com uso de matérias-primas alternativas.

 

Em 2023, o primeiro aporte foi direcionado para a growPack, startup que produz embalagens sustentáveis a partir de palha de milho e outros resíduos da produção agrícola. O terceiro investimento da Irani Ventures foi destinado à Mush, que tem como foco o desenvolvimento de produtos ecológicos e biodegradáveis à base de fungos oriundos de resíduos agrícolas e vegetais. Em 2022, dando início aos aportes, foi selecionada a startup Trashin, que promove a economia circular através da gestão de resíduos e de programas de logística reversa.

 

Sobre a Irani

 

Fundada em 1941, a Irani Papel e Embalagem é hoje uma das líderes do setor de embalagens sustentáveis no Brasil. Controlada desde 1994 pelo Grupo Habitasul, tradicional grupo empresarial da região Sul do país, produz papéis para embalagens, chapas e caixas de papelão ondulado, além de resinas naturais de pinus, breu e terebintina, assegurando o fornecimento de produtos de matéria-prima renovável com alta qualidade. Alinhada às boas práticas da economia circular, tem produção integrada às florestas próprias e utiliza energia autogerada. Conta com unidades produtivas localizadas em Vargem Bonita (SC), Santa Luzia (MG), Indaiatuba (SP) e Balneário Pinhal (RS), além de responder pela gestão de florestas em Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Com escritórios em Porto Alegre (RS) e Joaçaba (SC), tem em seus quadros mais de 2.300 colaboradores.

 

Últimas Notícias