--:--
--:--
  • cover
    Rádio Fraiburgo 95.1
JUNHO VERMELHO 2024

BAIXAR APP's

Irani é reconhecida na 30ª edição do Prêmio Expressão de Ecologia

SEMANA DO MEIO AMBIENTE 2024
JUNHO VERMELHO 2024

Projeto “Monitoramento e preservação da AAVC – Mata da Restinga Bojuru” venceu a categoria Manejo Florestal Sustentável da premiação – Uma das principais indústrias de papel e embalagens sustentáveis do Brasil, a Irani foi reconhecida na 30ª edição do Prêmio Expressão de Ecologia com o projeto “Monitoramento e preservação da AAVC – Mata da Restinga Bojuru”, na categoria Manejo Florestal Sustentável. A cerimônia de premiação está marcada para o dia 31 de agosto, no Costão do Santinho Resort, em Florianópolis.

 

Organizado pela editora Expressão desde 1993, essa é a maior premiação ambiental do país no segmento empresarial, com certificação concedida pelo Ministério do Meio Ambiente. Ela foi criada um ano após a Conferência Mundial do Meio Ambiente no Rio de Janeiro – Eco 92, o primeiro evento da ONU no Brasil que discutiu as questões ambientais. Assim, o prêmio tem como objetivo divulgar as principais ações de sustentabilidade que estão sendo postas em prática, incentivando a replicabilidade das iniciativas. Desde a primeira edição, mais de 3.390 projetos foram inscritos para concorrer ao troféu.

 

O case apresentado pela Irani foi desenvolvido a partir de um estudo na Mata de Restinga de Bojuru, em São José do Norte, no Rio Grande do Sul. A pesquisa visou o monitoramento de anfíbios, répteis, aves, mamíferos e flora local, além de identificar espécies raras, ameaçadas e bioindicadores. Ao longo do período de análise, que durou um ano, foram apontadas mais de 279 espécies de animais e mais de 95 espécies de plantas vasculares. O número de pessoas beneficiadas pelo projeto também se mostrou extremamente positivo: 57 colaboradores/lindeiros e 2.300 moradores de Bojuru.

 

“Reconhecimentos como esse mostram que estamos na direção certa, pois a sustentabilidade é um dos nossos pilares do negócio da Irani. O projeto busca assegurar a preservação da biodiversidade na região e proteger os habitats naturais, e isso é essencial para mantermos a integridade dos ecossistemas onde estamos inseridos”, comenta o diretor de Pessoas, Estratégia e Gestão da Irani, Fabiano Oliveira.

 

 

 

 

 

Sobre a Irani

Fundada em 1941, a Irani Papel e Embalagem é hoje uma das líderes do setor de embalagens sustentáveis no Brasil. Controlada desde 1994 pelo Grupo Habitasul, tradicional grupo empresarial da região Sul do país, produz papéis para embalagens, chapas e caixas de papelão ondulado, além de resinas naturais de pinus, breu e terebintina, assegurando o fornecimento de produtos de matéria-prima renovável com alta qualidade. Alinhada às boas práticas da economia circular, tem produção integrada às florestas próprias e utiliza energia autogerada. Conta com unidades produtivas localizadas em Vargem Bonita (SC), Santa Luzia (MG), Indaiatuba (SP) e Balneário Pinhal (RS), além de responder pela gestão de florestas em Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Com escritórios em Porto Alegre (RS) e Joaçaba (SC), tem em seus quadros mais de 2.300 colaboradores.

Últimas Notícias