--:--
--:--
  • cover
    Rádio Fraiburgo 95.1

BAIXAR APP's

Irani amplia em 19% fornecimento de embalagens de papelão ao setor de frigoríficos

Alta registrada no primeiro trimestre de 2024 ante o mesmo período de 2023 é reflexo de investimentos para aumento da capacidade produtivaA Irani Papel e Embalagem, uma das principais indústrias de papel e embalagens sustentáveis do Brasil, ampliou sua já consolidada presença como fornecedora do setor de alimentos no Brasil. Nos três primeiros meses de 2024, em relação ao primeiro trimestre do ano passado, a Companhia elevou em 19% suas vendas ao segmento de frigoríficos – que demanda embalagens de papelão ondulado para transporte de proteína animal no mercado interno e para exportações.

O setor foi o maior responsável pela expansão de 8,9% do volume total de vendas de embalagens sustentáveis registrado pela Irani no primeiro trimestre de 2024 em comparação ao mesmo período de 2023. Este resultado, superou o resultado do setor que, de acordo com a Associação Brasileira de Embalagens em Papel (Empapel), registrou alta média de 5,5% na produção de caixas, acessórios e chapas de papelão ondulado.

Os avanços no volume e participação de mercado deste segmento refletem o ramp-up da capacidade produtiva adicionada na Unidade Embalagem Campina da Alegria (SC) pelo Projeto Gaia II.  Por meio de investimentos de R$ 131,2 milhões direcionados à automatização e otimização de processos previstos no Gaia II, a produção de papelão ondulado na planta de Santa Catarina já teve sua capacidade elevada em 53%. Com isso, a participação do setor de alimentos, como um todo, também cresceu 10% entre janeiro e março de 2024 ante igual período de 2023.

Sobre a Irani

Fundada em 1941, a Irani Papel e Embalagem é hoje uma das líderes do setor de embalagens sustentáveis no Brasil. Controlada desde 1994 pelo Grupo Habitasul, tradicional grupo empresarial da região Sul do país, produz papéis para embalagens, chapas e caixas de papelão ondulado, além de resinas naturais de pinus, breu e terebintina, assegurando o fornecimento de produtos de matéria-prima renovável com alta qualidade. Alinhada às boas práticas da economia circular, tem produção integrada às florestas próprias e utiliza energia autogerada. Conta com unidades produtivas localizadas em Vargem Bonita (SC), Santa Luzia (MG), Indaiatuba (SP) e Balneário Pinhal (RS), além de responder pela gestão de florestas em Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Com escritórios em Porto Alegre (RS) e Joaçaba (SC), tem em seus quadros mais de 2.300 colaboradores

Últimas Notícias