Fraiburgo já tem oito focos do mosquito da dengue

A pandemia do novo coronavírus está fazendo com que outras patologias como a dengue caia no esquecimento. Porém é bom lembrar que assim como a covid-19, a dengue também é uma doença que se não tratada, leva o indivíduo a morte. Ao contrário do coronavírus, o transmissor da dengue é visível, fator que facilita sua eliminação.

No entanto, os cuidados necessários para combate-lo não está sendo tomado, motivo pelo qual tem aumentado o número de focos do mosquito Aedes Aegypti em Fraiburgo.

A enfermeira Karine Leôncio uma das responsáveis pela vigilância epidemiológica do município, e pelo programa de combate à dengue em Fraiburgo, concedeu entrevista ao nosso departamento de jornalismo, onde falou sobre a preocupação do aumento no número de focos.

A enfermeira ressalta que o combate à dengue é um dever de todos.

 

Denúncias de desleixo poderão ser feitas junto a vigilância epidemiológica e na vigilância sanitária, órgão parceiro no combate ao mosquito.

3256-4039

 

A prefeita Claudete Gheller Mathias, falou sobre a incidência dos casos de
dengue no município, e revela que já tem duas pessoas infectada com a
doença, mas fora do município.

 

Uma produção do departamento de jornalismo da Rádio Fraiburgo
Repórteres: Alan Moreira/ Genauro Stefanski/ Rodrigo Mattos/ Flávio Furtado

MAIS NOTÍCIAS
COMENTÁRIOS
Carregando...
×