--:--
--:--
  • cover
    Rádio Fraiburgo 95.1

BAIXAR APP's

Ex-presidente é indiciado por falsificação de certificado vacinal

A Polícia Federal (PF) indiciou o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) e outras 16 pessoas, incluindo o tenente-coronel Mauro Cid e o deputado federal Gutemberg Reis (MDB-RJ), pelos crimes de associação criminosa e inserção de dados falsos em sistema de informações. O indiciamento é parte do desdobramento das investigações sobre a possível falsificação de certificados de vacinação contra a Covid-19. As informações são do G1.

Ao ser indiciado, o processo agora segue para análise do Ministério Público Federal, que terá a prerrogativa de decidir se apresenta denúncia à Justiça ou se arquiva a investigação.

Os crimes, se confirmados, acarretam penas significativas. A associação criminosa prevê uma sentença que varia de 1 a 3 anos de prisão, enquanto a inserção de dados falsos em sistema de informações pode resultar em uma condenação de 2 a 12 anos de detenção.

 

Últimas Notícias