Desemprego afeta saúde mental e social

A taxa de desemprego no Brasil ficou no 11,1% no 1º trimestre de 2022, que significa estabilidade na comparação com o 4º trimestre de 2021, com a falta de trabalho ainda atingindo 11,949 milhões de brasileiros. A perda do meio de sustento, isolamento e falta de reconhecimento atinge o indivíduo de forma psicológica, e desencadeia uma série de complicações, como depressão e ansiedade social, e até mesmo física. A psicóloga Pós graduada em Psicologia do Trânsito e Terapia Cognitiva Comportamental Tayana de Oliveira Jombra explica como o desemprego afeta no psicológico das pessoas

 

Share on facebook
Share on linkedin
Share on email
Share on twitter
Share on whatsapp

Últimas Notícias

×