BAIXAR APP's

Defesa Civil alerta para ciclone que deve causar enxurradas, deslizamentos e chuvas fortes

Entre a quinta (02) e a sexta-feira (03), o processo de formação de uma frente fria associada a um ciclone extratropical entre o Rio Grande do Sul e o Uruguai provoca temporais e chuva intensa em Santa Catarina. A nota hidrometeorológica foi atualizada na manhã desta quinta (02) pela Secretaria da Proteção e Defesa Civil de Santa Catarina e a Epagri/Ciram.

No comunicado, a chuva intensa e os temporais começam pelo gande Oeste e em áreas de divísa com o Rio Grande do Sul, ainda nesta quinta. A chuva intensifica na madrugada e manhã de sexta-feira (03). No período, são esperados acumulados de 100 a 130 mm no Grande Oeste e parte dos planaltos, de 50 a 100 mm no Litoral Sul, Grande Florianópolis e Alto Vale do Itajaí. Já no Baixo e Médio Vale do Itajaí e Litoral Norte, os acumulados variam de 50 a 80 mm. Em todas as regiões, podem ser observados pontuais acima dos valores previstos. Há risco para alagamentos, enxurradas, destelhamentos, danos na rede elétrica e queda de galhos e árvores.

Entre a sexta-feira (03) e o sábado (04), os ventos se intensificam em todo o estado, com rajadas entre 50 e 80 km/h principalmente no Grande Oeste, Planalto Sul e litoral, podendo superar os 100 km/h na serra.

No final da tarde de sexta-feira (03), um sistema de alta pressão atmosférica começa a avançar sobre o estado, deixando o tempo firme em Santa Catarina. Esta condição de estabilidade permanece até a metade da próxima semana.

Com as chuvas registradas ao longo da madrugada e manhã de quinta (02) os rios catarinenses elevaram seus níveis na maior parte do estado. A tendência é que esses níveis continuem subindo entre a quinta (02) e sexta (03), trazendo risco muito alto para ocorrências de enxurradas, alagamentos e inundações nas bacias hidrográficas das regiões do Planalto Sul, Grande Oeste, Planalto Norte e Vale do Itajaí. Já nas bacias das regiões da Grande Florianópolis e Litoral Sul o risco segue alto para ocorrências de enxurradas e alagamentos, podendo ocorrer extravasamentos em rios menores, como riachos e ribeirões.

Os níveis nas bacias hidrográficas dos rios Canoas, Negro, Canoinhas e Timbó seguem em situação de alerta e emergência para inundações, com tendência de elevação ao longo do final de semana.

Últimas Notícias