Bahia respira, Grêmio agoniza e Atlético-MG faz a festa com a torcida

Três jogos abriram a 37ª e penúltima rodada do Campeonato Brasileiro. Na Neo Química Arena, em São Paulo, o empate por 1 a 1 entre Corinthians e Grêmio complicou os gaúchos, que dependem de outros resultados para não serem rebaixados à Série B nesta segunda-feira (6). Em Salvador, na Arena Fonte Nova, o Bahia superou o Fluminense por 2 a 0, saindo provisoriamente do Z4. Já o Atlético-MG, campeão por antecipação, derrotou o Red Bull Bragantino por 4 a 3 no Mineirão, em Belo Horizonte, festejando o título ao lado da torcida.

Na capital paulista, o Grêmio saiu na frente aos 38 minutos do primeiro tempo, com Diego Souza. Ele aproveitou a sobra de um cruzamento do também atacante Ferreira pela esquerda, que o lateral Fábio Santos não tirou, para balançar as redes do goleiro Cássio. Aos 40 da etapa final, o meia Renato Augusto acertou um belo chute de fora da área, no ângulo do goleiro Gabriel Grando, evitando a derrota alvinegra.

O Tricolor foi a 40 pontos e permanece na décima oitava posição. Se Cuiabá e Juventude, que estão três pontos à frente, ao menos empatarem com Fortaleza e São Paulo, respectivamente, nesta segunda, a queda à segunda divisão será decretada. O Alvinegro, por sua vez, subiu para 57 pontos e assegurou vaga direta à fase de grupos da próxima Libertadores.

O Corinthians foi beneficiado pela derrota do Fluminense para o Bahia. Os cariocas seguem em sétimo, abrindo a zona da pré-Libertadores, com 51 pontos. O Esquadrão de Aço foi a 43 pontos, na décima quinta posição, deixando o Z4, ultrapassando Cuiabá e Juventude (que têm a mesma pontuação) por ter mais vitórias.

O atacante Gilberto foi o protagonista do triunfo baiano, marcando os dois gols dos anfitriões. Aos 38 minutos do primeiro tempo, o camisa nove abriu o placar cobrando pênalti. Aos 46, ele encobriu o goleiro Marcos Felipe, que estava adiantado, definindo o placar em Salvador.

No Mineirão, Keno colocou o Atlético-MG à frente do Bragantino aos 19 minutos da etapa inicial, de fora da área. Aos 38, o também atacante Ytalo aproveitou rebote do goleiro Everson para deixar tudo igual. Na volta do intervalo, logo a um minuto, o atacante Arthur virou o placar na sequência de uma cobrança de escanteio. Quatro minutos depois, o meia Matías Zaracho empatou de novo. Já aos 32, o atacante Jefferson Savarino, de cabeça, decretou a virada. Aos 42 minutos, o atacante Hulk ampliou. Nos acréscimos, Arthur descontou para os paulistas.

A festa atleticana continuou após o apito final, com a torcida vendo a equipe levantar a taça do Brasileiro, que não conquistava há 50 anos, no gramado do Mineirão. Os mineiros foram a 84 pontos, 11 à frente do vice-líder Flamengo. O Bragantino permanece com 53 pontos e aguarda o complemento da rodada para saber se já garante vaga à próxima Libertadores. O Massa Bruta é o sexto colocado.

Os jogos da última rodada serão disputados nesta quinta-feira (9), às 21h30 (horário de Brasília). O Grêmio recebe justamente o Atlético na Arena, em Porto Alegre. O Corinthians pega o Juventude no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS). O Bahia visita o Fortaleza na Arena Castelão, na capital cearense. O Bragantino encara o Internacional no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP).

Créditos – Agência Brasil

Share on facebook
Share on linkedin
Share on email
Share on twitter
Share on whatsapp

Últimas Notícias

×