Vigilância Sanitária de Fraiburgo alerta população sobre possíveis golpes

Em tempos de fake news, mensagens compartilhadas no Whatsapp e também cartazes nas cidades, relatam que alguns moradores do Oeste Catarinense, foram vítimas do chamado ‘golpe da vigilância sanitária’. Com pretexto de realizarem exames do coronavírus (Covid-19), pessoas estariam se passando por vigilantes sanitários para roubar apartamentos e casas na área.

No entanto, até a manhã desta segunda-feira dia 18 de maio, a Polícia Militar de Fraiburgo (PMSC) não registrou qualquer boletim de ocorrência relacionado a este tipo de crime. A nossa reportagem foi averiguar o assunto, e de acordo com a fiscal sanitarista Leni Weber Regalin, a vigilância sanitária de Fraiburgo utiliza o uso de identificação, e sai apenas para casos de denúncia.

 

A fiscal sanitarista alerta que o setor de vigilância epidemiológica, especialmente as agentes de combate à dengue, são as únicas que usam jaleco e entram no terreno das residências, para realizar as chamadas varreduras com objetivo de localizar focos do mosquito transmissor das doenças. Porém estes profissionais se identificam e normalmente usam carro oficial da prefeitura de Fraiburgo.

      

Uma produção do departamento de jornalismo da Rádio Fraiburgo
Repórteres: Alan Moreira/ Genauro Stefanski/ Flávio Furtado

MAIS NOTÍCIAS
COMENTÁRIOS
Carregando...
×