Tornado em Timbó; o que aconteceu nesta quarta

Durante a quarta-feira (05) tivemos a passagem de uma frente fria pelo oceano na altura de Santa Catarina. Tivemos chuva em todas as regiões. Na maior parte das cidades ela foi fraca. Só muito pontualmente, mais no Sul, tivemos volumes elevados.

Além disso, temporais ocorreram mais localizados no Vale do Itajaí onde a temperatura da tarde chegou a casa dos 32 a 34°C. Quando temos um ar muito quente e o avanço de uma frente fria (sistema de chuva já que é uma banda de nebulosidade que separa duas massas de ar com características diferentes com a temperatura) nuvens muito carregadas associada a super células tem condições de se formar.

Na imagem de radar da aeronáutica dessa quarta às 16h40 percebemos bem na região de Timbó uma assinatura de uma super célula.

 

Um dos vídeos que circula na internet mostra os estragos ocorridos na cidade. O que mais chama atenção são os caminhões que tombaram na região (imagens Redes Socias):

 

Esse tipo de estrago na cidade junto com a assinatura do radar meteorológico mostra que Timbó teve um tornado. Para que um caminhão tombe e também para os estragos na cidade estimamos o vento entre 100 a 120 km/h.

Lembro que tornado vem de nuvens de grande desenvolvimento vertical – base ao topo da nuvem temos 10 a 15 km – chamadas de cumulunimbus. No caso do tornado temos aquele funil característico da base da nuvem em direção ao solo com movimento giratório. A figura abaixo é só um exemplo do que é um tornado

Exemplo de tornado:

 

Créditos: Puchalski Meteorologia

 

Share on facebook
Share on linkedin
Share on email
Share on twitter
Share on whatsapp

Últimas Notícias

×