Suspensão ou sequência das aulas presenciais tem sido tema de discussões em todo o estado

Diante do agravamento da pandemia da covid-19 em todo o estado, muitos pais estão preocupados em relação a continuidade das aulas presenciais.

Algumas cidades da nossa região, como Monte Carlo e Lebon Régis, cancelaram as aulas presenciais pelo período de 15 dias.

O prefeito de Lebon Régis, Douglas Mello, destaca os motivos para tomada desta decisão.

 

Segundo o Secretário Municipal de educação de Fraiburgo, Denilson Dalagnol, no município as aulas continuam obedecendo todas as regras sanitárias, sem previsão de suspensão.

 

Os prefeitos e prefeita que fazem parte dos 15 municípios associados a Associação dos Municípios do Alto Vale do Rio do Peixe (Amarp), estarão reunidos virtualmente na tarde dessa quarta-feira (03), em reunião extraordinária da entidade para discutir a situação do agravamento da Pandemia em Santa Catarina, na nossa região Meio Oeste e nos municípios do Alto Vale do Rio do Peixe.

Está em vigência o documento com novas deliberações de restrições no combate ao Coronavírus que é válido até o próximo dia 12 de março. Um dos pontos que devem entrar em pauta na reunião a ser coordenada pelo presidente e prefeito de Lebon Régis, Douglas Mello, são as aulas presenciais, sendo que será realizado um diagnóstico da situação nos municípios frente a possibilidade da manutenção ou suspensão das mesmas.

 

Aldoir José Kraemer, Diretor da executiva estadual do Sindicato dos Trabalhadores na Educação (SINTE) Santa Catariana, reforça o que foi definido pela categoria ainda no início do mês passado, quando o sindicato se mostrou contrário a volta das aulas presencias no estado.

 

Informações adicionais a imprensa:
Departamento de jornalismo da Rádio Fraiburgo
Email: [email protected]
Telefone: 49 3246-2507

 

 

MAIS NOTÍCIAS
COMENTÁRIOS
Carregando...
×