--:--
--:--
  • cover
    Rádio Fraiburgo 95.1

BAIXAR APP's

Polícia investiga morte de mulher atropelada ao trocar pneu

A Polícia Civil investiga o caso de uma mulher de 21 anos que morreu atropelada na sexta-feira, 21, no município de Videira. A jovem foi atingida por uma motocicleta enquanto o carro que ela ocupava estava parado ao lado da rodovia para a troca de um pneu.

A vítima chegou a ser socorrida pelo Corpo de Bombeiros Militar, mas morreu ao dar entrada no hospital. A pessoa que conduzia a motocicleta não permaneceu no local do acidente.

Sepultamento

Identificada como Débora Cristina Baretti, 21 anos, a vítima era moradora do Distrito de Anta Gorda, nas proximidades do local do acidente. Ela foi sepultada na tarde de sábado (22), no cemitério da comunidade de Anta Gorda.

Investigação

A equipe do RBV Notícias obteve informações com a Polícia Civil sobre as investigações. De acordo com o delegado Romildo Parno, responsável pela Delegacia da Comarca de Videira, o atropelamento ocorreu na rua Isaías Brandelero, Distrito de Anta Gorda, por volta das 18h40 da sexta-feira (21).

Um veículo VW Logus estava parado ao lado da pista para que fosse realizada a troca de um dos pneus. O carro era conduzido pelo pai da vítima e também ocupado por Débora e pelo marido dela. Os ocupantes estavam em torno do veículo, realizando a troca do pneu, quando Débora foi atingida por uma motocicleta.

A Polícia Militar atendeu a ocorrência e com as informações coletadas no local conseguiu identificar a condutora da motocicleta. Dessa forma, os policiais se deslocaram até a residência da motociclista e a conduziram até a delegacia para os procedimentos cabíveis. Nesse momento, a motociclista também foi informada sobre o falecimento da vítima. A condutora não apresentou sinais de alcoolemia.

A condutora da motocicleta alegou em depoimento à Polícia Civil que se atrapalhou com a iluminação. De acordo com o delegado, a condutora da motocicleta relatou que caiu no local, levantou-se e foi verificar como estava a pessoa que havia sido atingida. Assim, como a vítima já estava sendo atendida por outras pessoas, a condutora da motocicleta disse que iria até às proximidades para tentar fazer contato com o SAMU, pois no local não havia sinal de celular. Como não conseguiu contato, foi para casa, disse em depoimento.

Segundo informou o delegado Romildo Parno, um inquérito está sendo instaurado para a apuração dos fatos.

Com informações: RBV Rádios

Últimas Notícias