--:--
--:--
  • cover
    Rádio Fraiburgo 95.1

BAIXAR APP's

Nenhum banner encontrado

Pneu rosa marca o lançamento de movimento para valorização da mulher no campo

No próximo dia 8 de março será celebrado o Dia Internacional da Mulher, a importante data, oficializada pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1975, é o marco na luta das por igualdade. Para homenagear e reconhecer o papel das mulheres também no agronegócio como protagonistas, a Titan Pneus lança durante a Expodireto Cotrijal, que acontece em Não-Me-Toque/RS, de 4 a 8 de março, o movimento nacional Agro+Delas. Como marca dessa importante iniciativa, a empresa desenvolveu um pneu exclusivo na cor rosa e que será símbolo dessa valorização feminina.

De acordo com o vice-presidente de vendas e marketing da empresa para América Latina, Luiz Antonio Quevedo Marthe, esse movimento criado pela empresa, endossa o importante momento presenciado no campo. “A presença feminina tem crescido nas fazendas brasileiras e cerca de 1 milhão delas, segundo dados do IBGE, estão atualmente à frente de propriedades rurais, atuando diretamente com na produção. Portanto, a fabricação desse Pneu Rosa é o nosso agradecimento e reconhecimento do público feminino no agronegócio”, destacou.

A diretora de recursos humanos da empresa, Camila Mendes, explica que a simbologia envolvida no desenvolvimento de um pneu feito de borracha rosa vai além da cor, isso representa também a força da mulher. “É um incentivo para que cada vez mais tenhamos a presença feminina atuando no mercado. É importante reforçar que temos muitas outras iniciativas de equidade e inclusão algumas delas relacionadas a mulher. Também atuamos com ações externas com todos os parceiros e com a comunidade entorno de nossas operações”, completou.

Confeccionar este pneu tão característico foi um grande desafio. A missão foi iniciada pelas engenheiras da companhia, que prontamente toparam e ficaram responsáveis por desenvolver o projeto do zero. A partir daí foi necessário bastante planejamento e também o envolvimento de toda a equipe da fábrica, uma vez que a execução demandaria uma certa complexidade.

Segundo Meire Santorio, diretora de qualidade e tecnologia, o processo exigiu uma logística especial, pois foi preciso a criação de uma composição química diferente, uma vez que o produto foge da cor tradicional de linha. Além disso, foi necessária uma limpeza minuciosa dos maquinários para evitar qualquer alteração na cor manipulada. “Chegar a essa ‘receita do bolo’ com a composição ideal mantendo todas as características de vulcanização e processabilidade, foi desafiador, afinal, embora seja um produto que não terá venda comercial, precisava ter todas as características importantes de um pneu tradicional”, destacou.

Para a gerente de qualidade e processos, Roberta Rodrigues, que comandou a equipe de engenheiras, foram quase nove meses de um árduo trabalho, mas que valeu a pena com o objetivo alcançado. “Estamos muito felizes em finalizar esse projeto e entregar um pneu de muita qualidade dentro das medidas tradicionais. E o que mais nos marcou é que ele foi 100% desenvolvido por nós mulheres, e justamente por isso, ele é ainda mais simbólico, pois o mercado de engenharia ainda possui um grande espaço a ser desbravado por nós”, disse a profissional.

De acordo com Edson Tebaldi, presidente da companhia, com o lançamento do movimento “Agro+Delas”, mais uma vez a Titan, uma empresa centenária, comprova seu pioneirismo. “Além de ter um trabalho focado no desenvolvimento de tecnologia e ampliação de portfólio para criar soluções exclusivas que atendam às necessidades dos clientes, a empresa também comprova com essa iniciativa que está sim, cada vez mais próxima da realidade do campo”, finalizou o executivo.

O novo pneu rosa não terá venda comercial, ele será, sim, o símbolo deste importante movimento de valorização da presença feminina no campo que se inicia agora em comemoração ao Dia Internacional da Mulher. Além disso, ele também será exposto por algumas empresas de máquinas parceiras tanto na feira em Não-Me-Toque, quanto em outros eventos ao longo de 2024.

Por Folha  Agrícola

Últimas Notícias