Operação acolhida, recebeu venezuelanos em Fraiburgo

Para atender a demanda do constante fluxo de refugiados oriundos da Venezuela, foi criado a Operação Acolhida que realiza o trabalho de recepção, identificação e acolhimento dos venezuelanos que chegam ao Brasil pela fronteira com o estado de Roraima. As Forças Armadas (Marinha, Exército e Aeronáutica) prestam apoio à operação com ações em infraestrutura, transporte, saúde e administração.

O encaminhamento de imigrantes para outros estados é um dos principais focos da operação, que recebe, diariamente, uma média de 600 refugiados que cruzam a fronteira da Venezuela com o Brasil em busca de abrigo, residência temporária ou solicitação de refúgio. Diariamente, militares das Forças Armadas, em conjunto com agências da ONU e sociedade civil organizada, trabalham incessantemente na busca de oportunidades em outros estados brasileiros, onde esses imigrantes possam ter mais opções de trabalho, moradia, educação e saúde. O Rotary Clube internacional foi uma das entidades envolvidas no projeto. Fraiburgo não ficou fora desta ação humanitária.

Na cidade de Fraiburgo, dos 22 venezuelanos 12 já estão trabalhando. Vânia Franceschi presidente do Rotary de Fraiburgo fala sobre a operação desencadeada pelo governo federal.

Para finalizar a presidente do Rotary de Fraiburgo disse que o trabalho de acolhida aos venezuelanos foi encerrado a partir da acomodação deles na cidade, agora segundo ela,cada família terá que andar com suas próprias pernas, ou seja, serão independentes.

Uma produção do Departamento de Jornalismo da Rádio Fraiburgo FM
Repórteres: Genauro Stefanski/Flávio Furtado/Rodrigo Mattos/Wanderley da Rosa.

Share on facebook
Share on linkedin
Share on email
Share on twitter
Share on whatsapp

Últimas Notícias

×