BAIXAR APP's

‘Não perdi uma’: Aos 102 anos, idosa que foi enfermeira durante 2ª Guerra Mundial vota em SC

Considerada um ícone, a catarinense Alda Niemeyer, de 102 anos, que sobreviveu à 2ª Guerra Mundial atuando como enfermeira, e foi radioamadora, nas enchentes de 1983 e 198, fez questão de exercer o voto em Blumenau. A idosa votou durante a manhã, na Faculdade Senac, e fez questão de deixar uma lição aos eleitores.

Alda não consegue mais andar, mas a memória continua ótima e ela não queria deixar de votar. “Eu não perdi uma eleição”, diz, relatando que já exerce o direito do voto desde 1947. “Enquanto eu tô, que alguém me carrega, eu voto”, afirma.

Alda Niemeyer é um ícone de Blumenau. Foi sobrevivente da 2ª Guerra Mundial, quando esteve na Alemanha atuando como enfermeira da Cruz Vermelha. Após a guerra e de volta ao Brasil, a catarinense se destacou como radioamadora. Foi durantes as enchentes de 1983, já com 63 anos, e 1984 em Blumenau que ela mostrou o quanto a atividade era mais do que um passatempo.

 

Fonte: Tílias News 

Foto: Lucas Fernandes/NDTV Record TV

Últimas Notícias