Mais perto de você!

Na semana que registra o dia do conselheiro tutelar, nossa equipe conversou com uma profissional da área

Um Conselheiro Tutelar deve lutar pelos direitos das crianças e adolescentes da sua comunidade. Este cargo público implica exercer o papel de educador e orientador dos mais jovens, criando iniciativas que potenciem o desenvolvimento de crianças e adolescentes.

Na segunda feira dia 18 de novembro foi celebrado o dia do Conselheiro Tutelar. A função de Conselheiro Tutelar foi criada em Julho de 1990, juntamente com o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente).

Um Conselheiro Tutelar deve lutar pelos direitos das crianças e adolescentes da sua comunidade. Este cargo público implica exercer o papel de educador e orientador dos mais jovens, criando iniciativas que potenciem o desenvolvimento de crianças e adolescentes. Deve ter um apurado sentido de ética e determinação para gerir conflitos que possam aparecer durante o seu trabalho. Um Conselheiro Tutelar faz parte de um Conselho Tutelar, um órgão permanente e autônomo, criado de acordo com o artigo 131 do ECA. Para exercer esta tarefa de grande responsabilidade, os candidatos devem prestar uma prova de seleção. Os conselheiros são eleitos de três em três anos, pela comunidade do município onde o conselheiro vai atuar.

Em 2012 os Conselheiros Tutelares foram reconhecidos a nível legal, sendo que foi estabelecido que precisam de uma remuneração e formação contínua ao longo da carreira.

O repórter Rodrigo Mattos foi em busca de mais informações sobre este importante profissional, a conversa foi com a conselheira presidente do conselho tutelar de Fraiburgo Wilma Bridi Mafra.

Uma produção do Departamento de Jornalismo da Rádio Fraiburgo FM
Repórteres: Genauro Stefanski/Flávio Furtado/Rodrigo Mattos

 

 

MAIS NOTÍCIAS
COMENTÁRIOS
Carregando...
×