Mãe e filha separadas pela Covid-19 se encontram pela primeira vez

Há uma frase que diz: “no fim tudo da certo, se não deu é porque não chegou ao fim”. E, graças a Deus, ao trabalho da equipe de saúde e a força pessoal da Joaçabense Mayara, o momento difícil pelo qual estavam passando chegou a um final muito feliz. Neste domingo (02), ela, que estava com Covid-19 e precisou fazer uma cesárea de emergência e ficou separada da filha pôde, finalmente, pegar a bebê nos braços.

Com a mãe tendo sido diagnosticada com Covid-19 e sofrido complicações pela doença, Sophia nasceu no dia 06 de abril, com 35 semanas e apesar de nascer forte e saudável precisou ficar alguns dias internada na UTI neonatal e em isolamento até o diagnóstico do exame (que acabou sendo negativo para Covid-19) para então ter alta. Enquanto isso, Mayara, que estava sedada na hora do parto e seguia tratando a Covid, só tinha visto a filha somente por chamada de vídeo. Foram dias de muita luta para vencer as complicações da doença e poder voltar para casa.

Para recepcionar Mayara, que estava internada no Hospital Regional do Alto Vale, em Rio do Sul, familiares aguardaram no Trevo de Acesso a cidade de Joaçaba e saudaram sua chegada com um buzinaço. Em casa, balões e cartazes celebrando sua vitória contra a covid-19 foram colocados nas paredes e muita emoção foi registrada quando ela encontrou o marido e a pequena Sophia.

Os familiares agradeceram a toda a equipe de saúde que cuidou de Mayara e também a todos que torceram e fizeram orações pela sua recuperação. Agora, é curtir a companhia da família, principalmente o dia das mães que se aproxima.

“Foi um momento de muita emoção, só temos a agradecer a Deus pelo milagre da vida e a todos que colocaram elas em suas orações! Nossa família é eternamente grata por todos que se uniram em fé pela melhora das nossas meninas” agradeceram.

 

Fonte: Eder Luiz Notícias
Foto: Divulgação

MAIS NOTÍCIAS
COMENTÁRIOS
Carregando...
×