BAIXAR APP's

Irani é homenageada na entrega do Prêmio Catarinense da Excelência em Florianópolis

Uma das principais indústrias de papel e embalagens sustentáveis do Brasil, a Irani foi homenageada no evento de entrega do Prêmio Catarinense da Excelência (PCE), na noite de quinta-feira, dia 30, na sede da Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc), em Florianópolis. O reconhecimento é pelo destaque obtido pela companhia, que tem unidades em Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo no Modelo de Excelência e Gestão (MEG) da Fundação Nacional de Qualidade (FNQ).

 

Dezessete organizações receberam o Prêmio Catarinense da Excelência por terem se destacado na implementação de ferramentas de gestão alinhadas ao Modelo de Excelência na Gestão (MEG). A avaliação das candidatas foi realizada por uma banca de avaliadores capacitados pelo do Movimento Catarinense pela Excelência.

 

“O prêmio é o reconhecimento daquilo que vem sendo realizado e estimulado em todas as regiões de Santa Catarina para que as empresas sigam na busca da excelência. O fundamental é a valorização do exemplo que essas empresas oferecem para que todas as organizações sigam o mesmo caminho”, diz o presidente do ExcelênciaSC, Leonardo Costa.

 

No mesmo dia à tarde, o diretor-presidente da Irani, Sérgio Ribas, e executivos da WEG, Sebrae, Schulz, Grupo SCC/SBT e Kronos, realizaram palestras no Congresso Catarinense de Excelência em Gestão, também na sede da Fiesc. Todas as empresas já foram reconhecidas nos grandes níveis do PCE nos últimos níveis.

 

 

Sobre a Irani

 

Fundada em 1941, a Irani Papel e Embalagem é hoje uma das líderes do setor de embalagens sustentáveis no Brasil. Controlada desde 1994 pelo Grupo Habitasul, tradicional grupo empresarial da região Sul do país, produz papéis para embalagens, chapas e caixas de papelão ondulado, além de resinas naturais de pinus, breu e terebintina, assegurando o fornecimento de produtos de matéria-prima renovável com alta qualidade. Alinhada às boas práticas da economia circular, tem produção integrada às florestas próprias e utiliza energia autogerada. Conta com unidades produtivas localizadas em Vargem Bonita (SC), Santa Luzia (MG), Indaiatuba (SP) e Balneário Pinhal (RS), além de responder pela gestão de florestas em Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Com escritórios em Porto Alegre (RS) e Joaçaba (SC), tem em seus quadros mais de 2.300 colaboradores.

 

Foto – Diretor-presidente da Irani, Sérgio Ribas

Crédito – Divulgação

Últimas Notícias