Inscrições do concurso do IGP para o cargo de auxiliar médico-legal vão até o dia 27

O Instituto Geral de Perícias de Santa Catarina (IGP) anuncia que as inscrições do concurso para o cargo de auxiliar médico-legal (AML) ficarão abertas até o dia 27 de dezembro. São 70 vagas em 28 cidades catarinenses. Para participar do concurso é necessário ter concluído o ensino médio e a taxa de inscrição é de R$ 180. O processo foi organizado pela Fundação de Estudos e Pesquisas Socioeconômicos (Fepese) e todas as informações estão disponíveis no endereço igp.fepese.org.br.

Os candidatos inscritos serão submetidos a uma prova objetiva de conhecimentos, com caráter eliminatório e classificatório. Os aprovados nessa etapa avançarão para os exames específicos, que envolvem avaliação da capacidade física, aptidão psicológica vocacionada, toxicológico e investigação social, todos de caráter eliminatório. A avaliação para portadores de deficiência (PcD) também é eliminatória e o exame de avaliação de títulos é classificatório.

Com a recente aprovação da PLC 12/2021, que aumentou a remuneração dos servidores da Segurança Pública, a partir de julho do ano que vem – época em que os novos servidores começarão a assumir suas funções – o salário inicial do auxiliar médico-legal será em torno de R$ 6.000. No último nível da carreira esse valor pode chegar a R$ 16.000.

Maior concurso da história

O perito-geral Giovani Eduardo Adriano destaca que o reforço de 70 auxiliares de medicina-legal permitirá a organização das unidades do IML em todas as regiões. E revela que é o maior concurso já feito para o Instituto Médico Legal na história do Órgão pericial catarinense, reconhecendo que essa é mais uma entre as muitas conquistas alcançadas pelo IGP desde 2019.

“O trabalho desempenhado pelo auxiliar médico-legal é de extrema importância e bastante sensível em relação ao atendimento à população. Por isso, vamos capacitar esses novos servidores para garantir aos cidadãos serviços eficientes e um atendimento cada vez mais humanizado”, explica.

O auxiliar de medicina-legal (AML) é um profissional essencial às atividades do Instituto Médico-Legal. Entre as funções que fazem parte do dia a dia do AML está o atendimento em local de ocorrência com vítima fatal, ação que envolve a condução de viatura específica e remoção de corpos. O AML também auxilia o perito médico-legista nas necrópsias e atua no atendimento às famílias no processo de identificação das vítimas, entre outros.

 

Créditos: Assessoria de Imprensa/Instituto Geral de Perícias de Santa Catarina (IGP)

Share on facebook
Share on linkedin
Share on email
Share on twitter
Share on whatsapp

Últimas Notícias

×