FECAM demonstra preocupação com a retirada do incentivo fiscal na compra de defensivos agrícolas em Santa Catarina

 

A Federação Catarinense de Municípios (FECAM), endossa a preocupação das inúmeras entidades ligadas a agricultura com a retirada do incentivo fiscal na compra de defensivos agrícolas em Santa Catarina. O presidente da FECAM, prefeito de Tubarão, Joares Ponticelli destaca que aumentar a alíquota de ICMS de defensivos agrícolas – de 0% para 17% – é extremamente alarmante no âmbito municipalista.

Junto com o presidente do Colegiado Estadual de Secretários Municipais de Agricultura e Pesca (COSAPESC), secretário de Jaraguá do Sul, Daniel Peach, Ponticelli mantém a Federação em contato permanente com os colegiados das Associações de Municípios que tratam do tema e a posição é unânime: todos os 18 colegiados regionais de agricultura vinculados a FECAM lamentam e criticam a proposta e postura do governador de Santa Catarina, Carlos Moisés.

Joares Ponticelli, reforça ainda que mudanças nos incentivos fiscais do setor agrícola poderão causar graves impactos na cadeira produtiva da economia catarinense, causando retrocesso econômico e impactos sociais, como a evasão das famílias do campo.

Uma produção do Departamento de Jornalismo da Rádio Fraiburgo FM
Repórteres: Genauro Stefanski/Flávio Furtado/Rodrigo Mattos/Wanderley da Rosa.

Share on facebook
Share on linkedin
Share on email
Share on twitter
Share on whatsapp

Últimas Notícias

×