Estados do Sul têm a menor proporção de pessoas em atraso com a segunda dose; SC é terceiro

Santa Catarina tem mantido uma boa taxa de adesão às vacinas contra a Covid-19, sendo o terceiro estado do país com o menor índice de pessoas que não retornaram para tomar a segunda dose (9,10%), ficando atrás somente do Paraná (7,96%) e Rio Grande do Sul (7,65%).

O percentual corresponde a 531.725 catarinenses que já poderiam ter recebido a segunda dose, mas não retornaram dentro do intervalo recomendado para cada fabricante. Os dados são do Ministério da Saúde (MS) e foram divulgados nesta terça-feira, dia 16.

Para resgatar essas mais de 500 mil pessoas que já deveriam ter retornado para tomar a segunda dose, a Secretaria de Estado da Saúde vai se reunir com representantes das secretarias municipais na manhã desta quarta-feira, dia 17, para definir como será a adesão do estado ao movimento nacional da Campanha Mega Vacinação, anunciado nesta terça pelo Ministério da Saúde, e que será realizado entre os dias 20 e 26 de novembro.

Na reunião serão discutidas estratégias e ações necessárias para que os municípios busquem atualizar a situação vacinal de todos aqueles que estão atrasados, bem como a dose de reforço. Também serão alinhados os detalhes e a data de início da aplicação do reforço na população adulta com 18 anos ou mais, que já tenha completado o esquema primário de vacinação com as duas doses da vacina há pelo menos cinco meses.

 

Créditos: Oeste Mais

Share on facebook
Share on linkedin
Share on email
Share on twitter
Share on whatsapp

Últimas Notícias

×