Enfermeira Daiane Ciesca reforça preocupação sobre o Coronavírus

O Ministério da Saúde confirmou nesta terça-feira dia 28, portanto ontem, que investiga os três primeiros casos de suspeita de coronavírus no Brasil.

Pela manhã, a pasta havia divulgado que uma estudante de 22 anos de Minas Gerais que esteve em Wuhan, cidade na China que é considerada o epicentro da epidemia, apresentava sintomas compatíveis com os provocados pelo novo vírus.

Algumas horas depois, o ministério informou que dois novos casos, em Porto Alegre e em Curitiba, também se enquadram nos critérios epidemiológicos, cujo os pacientes estiveram na região onde o vírus é transmitido de pessoa para pessoa ou tiveram contato com pessoas suspeitas ou confirmadas de terem o vírus nos últimos 14 dias, e clínicos, que apresentaram febre e pelo menos um sinal ou sintoma respiratório, estabelecidos pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para identificação de possíveis infecções.

A enfermeira Daiana Ciesca, responsável pelo setor de vigilância epidemiológica do município de Fraiburgo, reforça a preocupação com o Coronavírus.

 

Daiana esclarece, que os supostos casos de brasileiros com o vírus do Coronavírus, ainda é tratado como caso suspeito, ou seja, oficialmente ainda não existe nenhum caso no Brasil, porém mesmo assim é necessário tomar todos os cuidados.

 

Uma produção do departamento de jornalismo da Rádio Fraiburgo
Repórteres: Alan Moreira/ Genauro Stefanski/ Rodrigo Mattos/ Flávio Furtado

MAIS NOTÍCIAS
COMENTÁRIOS
Carregando...
×