--:--
--:--
  • cover
    Rádio Fraiburgo 95.1

BAIXAR APP's

Nenhum banner encontrado

BR-470 fica interditada em Rio do Sul e Ascurra após fortes chuvas

Um escorregamento de terra, após fortes chuvas na madrugada desta quarta-feira (14), deixou a BR-470, km-143 em Rio do Sul totalmente interditada. Não há previsão de liberação das pistas, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) está orientando os motoristas em rotas alternativas.

As opções de acesso ao município ou para continuar pela BR-470, acontecem pelos seguintes trajetos:

– No sentido oeste para o leste, entrada no trevo de Laurentino, sentido bairro Barra do Trombudo, em Rio do Sul. Esse acesso não é recomendado para veículos pesados.
– Entrada no trevo de Laurentino, passando pela Serra Tomio em direção a Rio do Sul, saindo próximo do trevo do Fundo Canoas/Progresso. Essa rota também não é recomendada para veículos pesados.
– Para caminhões pesados, a rota deve acontecer pela BR-282.

Rachaduras na pista em Ascurra

Segundo o portal NSC Total, uma nova cratera ameaça se abrir na BR-470, desta vez em Ascurra. A situação levou os bombeiros voluntários da cidade a bloquear a passagem de veículos na manhã desta quarta-feira (14) na altura do Km 90,5, perto da empresa Transpoli. A medida durou cerca de uma hora, em ambos os sentidos.

(Foto: CBVU/Divulgação)

Por volta das 8h, a empresa contratada pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) para obras de drenagem no local decidiu liberar o fluxo, segundo os socorristas.

Imagens mostram rachaduras de um lado ao outro da pista, com afundamento em alguns pontos. O DNIT informou ter enviando uma equipe ao local para apurar a situação. Ainda não há informações sobre quais medidas serão tomadas.

Conforme os bombeiros, uma empreiteira trabalha na região desde a semana passada fazendo implantação de galerias pluviais.

Enquanto o trânsito ficou bloqueado, veículos leves conseguiram passar por dentro de Ascurra, pela Rua Indaial, no bairro Estação, para seguir viagem. Porém, para caminhões, não há rotas alternativas, conforme contam os bombeiros.

O trecho bloqueado em Ascurra fica a pouco mais de 50 quilômetros do local onde a pista cedeu completamente em Rio do Sul, onde um carro chegou a ser engolido pela cratera. Engenheiros vão avaliar o que é possível fazer para restabelecer a passagem de veículos no Km 143.

 

Últimas Notícias