BAIXAR APP's

Antônio Marcos Xavier é empossado presidente da CDL Fraiburgo

Com a reunião de empresários associados, convidados e autoridades da região, a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Fraiburgo, empossou nesta quarta-feira (08), a nova diretoria para o biênio 2023-2024. Guilherme Techio deixa o cargo e Antônio Marcos Xavier, é o novo presidente da entidade.
O ex-presidente, Guilherme Techio, permaneceu no comando da entidade por três anos. Assumiu a direção em 2020, quando ocupava o caro de vice-presidente e no ano seguinte, foi empossado para o biênio 2021-2022, trabalho que encerrou nesta semana. “A gente pode dizer que a parte mais relevante e importante nesse período, foi a pandemia quando fizemos ações específicas como palestras e reuniões, mesmo quando estávamos impedidos de realizar essas ações. Mas a representatividade da CDL, em momento nenhum cessou, então a visão que a gente tem é que nesses momentos de dificuldades, nós estávamos ali para trazer as maneiras corretas de utilizar os protocolos e representar a nossa classe, junto aos poderes municipais, estaduais e na federação para poder trazer o mínimo de impacto possível para o comerciante”.

Para os próximos dois anos, Guilherme Techio continua na diretoria, com funções financeiras. “Vou ficar mais dois anos ajudando, doando meu tempo nessa causa. Conforme a gente participa, vai criando um amor. A gente não recebe nada para estar ali, mas a gente tem um retorno das pessoas e um conhecimento que ninguém tira”.

A partir da posse, o presidente da CDL, Antônio Marcos Xavier, dará continuidade ao trabalho realizado pelas gestões anteriores. “Estaremos dois anos a frente da instituição, buscando o melhor para o lojista e para o cidadão fraiburguense”. Questionado sobre as ações futuras da nova diretoria, Antônio destaca que “ninguém poderia imaginar passar por um momento conturbado como o da pandemia. Foram dois anos de comércio praticamente fechado, foi um momento de reinvenção. Mas a gente sabe que no dia a dia temos que ter ações concretas, estar próximo do associado, buscando soluções e implantando melhorias para o lojista que é o setor responsável por grande parte da economia do município, que sofreu muito nesses dois anos e que ainda não se recuperou totalmente. Então a CDL vai na vanguarda, à frente, para tentar diminuir qualquer impacto que possa ter de forma negativa na economia nos próximos anos”.

Últimas Notícias