AFSC envia nota contestando algumas informações de matéria veiculada sobre o Hospital Fraiburgo

Veiculamos na edição nº6.816 do jornal do meio dia, levado ao ar na quarta feira dia 06 uma matéria sobre a avaliação dos primeiros 60 dias da nova administração do hospital Fraiburgo.

Em nota enviada ao departamento de jornalismo da Rádio Fraiburgo a Associação Fraiburguense de Saúde Coletiva – AFSC antecessora da ACENI, contraria as versões aqui veiculadas. De acordo com a nota, “ASSOCIAÇÃO FRAIBURGUENSE DE SAÚDE COLETIVA – AFSC, vem prestar os seguintes esclarecimentos:

Na tarde de 05 de novembro de 2019, durante o programa “Jornal do Almoço”, foram entrevistadas a Exma Sra. Prefeita Municipal e a Secretária Municipal de Saúde, em relação aos serviços prestados pela nova gestora do hospital do município (ACENI – Associação das Crianças Excepcionais de Nova Iguaçú), que há 60 (sessenta dias) dias assumiu a administração do referido hospital.

As entrevistadas informaram que as despesas do hospital estão sendo custeadas integralmente pelo Município, pois não está havendo repasse financeiro por Órgãos Federais e Estaduais, devido não ser possível firmar convênios, por falta de documentos, alvarás entre outros.

De forma equivocada, procuram atribuir a Associação Fraiburguense de Saúde Coletiva – AFSC, a responsabilidade pela ausência de regularidade da situação, como se os administradores, por descaso, não

cumprissem com suas obrigações. Em relação a falta de Responsável Técnico, sempre o Hospital manteve profissional, e como pode ser comprovado junto ao Conselho Regional de Medicina do Estado de Santa Catarina – CRM/SC, o Dr. Alessandro Fusatto Neto – CRMSC 14034, era o responsável técnico. A Diretoria Clínica é de responsabilidade do Drs. César M. K. Nagasawa e como Vice-diretor o Dr. Marcel Calixto Mainardes, eleitos pelo próprio corpo clínico do hospital em data de 27/03/2019, conforme registrado na Ata nrº 09/2019.

O Alvará Sanitário expedido pela 9ª Secretaria de Desenvolvimento Regional – SDR, possui validade de 31/10/2018 a 31/10/2019.

O Conselho Regional de Medicina – SC, atestou a regularidade da empresa, com validade até 20/08/2019.

Em relação ao atestado de vistoria expedido pelo Corpo de Bombeiros – Fraiburgo, o mesmo tinha validade até 30.06.2019, sendo que foram solicitadas algumas adequações, que não foram efetuadas, devido ao Município encerrar o convênio com a AFSC. Quanto ao alegado desabastecimento de remédios, esclarecemos que o modelo de gestão de compras adotado pela AFSC era com estoque regulador fazendo a aquisição de remédios de forma diária ou semanal, de acordo com as necessidades. Diante disso, prestamos esses esclarecimentos com finalidade de restabelecer os fatos”.

 

Fraiburgo, 07 de novembro de 2019

Atenciosamente

ASSOCIAÇÃO FRAIBURGUENSE DE SAÚDE COLETIVA – AFSC

Rádio Fraiburgo esclarece

Diante do exposto reiteramos que o departamento de jornalismo foi, é e sempre será imparcial. O conteúdo das matérias veiculadas são de responsabilidade dos entrevistados.

Uma produção do Departamento de Jornalismo da Rádio Fraiburgo FM
Repórteres: Genauro Stefanski/Flávio Furtado/Rodrigo Mattos

 

Share on facebook
Share on linkedin
Share on email
Share on twitter
Share on whatsapp

Últimas Notícias

×