BAIXAR APP's

41 municípios registram ocorrências e 17 decretam situação de emergência

Considerando as chuvas registradas desde o dia 14 de novembro, até o momento, 41 municípios registraram ocorrências relacionadas com as fortes chuvas, temporais, inundações, vendavais, alagamentos, granizo e enxurradas. A região do Extremo Oeste, Oeste e Meio-Oeste de Santa Catarina foram as mais impactadas. Em 48 horas, os volumes ultrapassaram a casa dos 200 mm de chuva: Piratuba (230 mm), Curitibanos (226.2 mm), Ponte Alta (219.4 mm). Até o momento, ocorreram dois óbitos, sendo duas mulheres, no município de Taió, em 16 de novembro.

A Secretaria de Estado da Proteção e Defesa Civil declara que vem sendo realizadas diversas reuniões informativas junto ao Grupo de Ações Coordenadas (GRAC) e Coordenadorias Regionais de Defesa Civil (Coredec) para a prospecção de cenário e alinhamento de ações. As ações de resposta em nível regional estão sendo desenvolvidas de forma integrada e estão relacionadas ao gerenciamento de desastres, tais como:
* busca, resgate e salvamento;
* assistência imediata;
* análise estrutural;
* restabelecimento de serviços essenciais;
* ações de ordem pública.

Decretos de Situação de Emergência

Atualmente temos 17 municípios em situação de emergência, sendo eles: Paraíso, Barra Bonita, São João Batista, Zortéa, Treze Tílias, Herval d’Oeste, Ouro, Ibicaré, São Carlos, Águas de Chapecó, Trombudo Central, Luzerna, Agronômica, Ibiam, Jacinto Machado, Presidente Getúlio, Ituporanga.

Situação Hidrológica

Devido ao grande volume de chuva registrados entre a quinta-feira, 16, e sexta-feira, 17, a Barragem Sul em Ituporanga atingiu a cota de 31,00 metros (IBGE 401,00m) no reservatório, e por volta das 17:20min iniciou seu vertimento. É importante destacar que o vertimento das barragens é uma operação controlada e monitorada por equipe técnica.

Ainda, às 12:50min desta sexta, foi fechada a segunda comporta na Barragem Norte, em José Boiteux, tendo em vista a mitigação da cheia na região do Médio e Baixo Vale do Itajaí. Já a Barragem Oeste, em Taió, segue com todas as comportas fechadas. O quadro a seguir apresenta as principais informações das barragens de contenção de cheias e dos municípios da região.

Os altos volumes de chuva que atingem o estado já causaram alagamentos, enxurradas e inundações em diversas regiões. Na Bacia Hidrográfica do Rio Itajaí diversos municípios apresentam rios em níveis de emergência nesta tarde, com destaque aos municípios de Agrolândia, Pouso Redondo, Trombudo Central, Agronômica, Rio do Sul, Ituporanga, Brusque, Laurentino, Rio do Oeste e Taió. A tendência é que os rios sigam em elevação, podendo atingir níveis próximos a 13,5m (Atenção 14,0m) em Rio do Sul e 9,0m em Brusque.

Ainda, na Bacia do Rio Tijucas, na região da Grande Florianópolis, nos municípios de Nova Trento, São João Batista, Canelinha e Tijucas, o rio apresenta significativa elevação, já em níveis de emergência para inundações. Já na região do Extremo Oeste catarinense, o rio Uruguai já atingiu nível de emergência, onde no município de Itapiranga o nível do rio, às 18:00min, se encontra em 12,75m, ainda em elevação, podendo atingir nível entre 13,0 e 13,50m. Assim como no Planalto Sul, onde o rio Canoas segue subindo, já em nível de emergência para inundação, com nível de 7,54m em Otacílio Costa.

É importante ressaltar que as previsões do tempo podem sofrer alterações, assim como a situação hidrológica, que devem ser acompanhadas diariamente. Os órgãos seguem em monitoramento constante das condições meteorológicas e hidrológicas no estado de Santa Catarina e recomendamos sempre acompanhar diariamente a previsão do tempo e os avisos e alertas emitidos por fontes oficiais.

Por Thuana Raimondi | Defesa Civil SC

Últimas Notícias