--:--
--:--
  • cover
    Rádio Fraiburgo 95.1

BAIXAR APP's

Irani investe no apoio às oficinas de teatro, música e dança em Joaçaba, no Meio-Oeste de SC

Uma das principais indústrias de papel e embalagens sustentáveis do Brasil, a Irani investiu cerca de R$ 150 mil, via Lei de Incentivo à Cultura, em apoio às oficinas de teatro, música e dança da Sociedade de Cultura Artística de Joaçaba e Herval d’Oeste (SCAJHO), entidade mantenedora do Teatro Alfredo Sigwalt, que completou 25 anos. O valor foi aplicado na coordenação do projeto, professores, funcionários da entidade que atuam diretamente nas ações, encargos sociais, material didático, figurinos, locação de equipamentos para os espetáculos e camisetas para os alunos e professores.

 

Com 14 professores, os recursos beneficiaram 18 turmas em modalidades diferentes. A coordenadora das oficinas Ane Prando lembra que neste ano o teatro completou o 20º aniversário de inauguração e os 19 anos de funcionamento das Oficinas de Arte. “Durante esse período buscamos meios para que os nossos alunos pudessem estudar as artes como balé, jazz, danças urbanas e populares, violão, violino, flauta, coral e artes cênicas com qualidade e gratuito”, recorda, ao destacar que hoje o teatro tem o privilégio de, através de leis de incentivo à cultura, contar com empresas parceiras como a Irani. “Nosso objetivo é que nos próximos anos as oficinas tornem-se um polo de referência para Santa Catarina em formação de artistas”, ressalta.

 

Atualmente, 100% das cidades onde a Irani tem operações contam com programas de apoio às comunidades locais. Em 2022, foram investidos R$ 910 mil em projetos com recurso social privado e doações nas comunidades do entorno das unidades. A empresa também direcionou mais de R$ 3,2 milhões por meio de leis de incentivo para projetos e fundos municipais.

 

O diretor de Pessoas, Estratégia e Gestão, Fabiano Alves de Oliveira, afirma que a maneira pela qual a Irani constrói a base de seleção dos projetos apoiados é uma forma de garantir que parte dos impostos gerados pela empresa retornem diretamente aos municípios onde está inserida, criando impacto positivo localmente. “Todas as empresas podem e devem ter esse olhar para as suas comunidades. Um futuro mais sustentável só é possível a partir do compromisso com a sociedade”, destaca.

 

 

Sobre a Irani

 

Fundada em 1941, a Irani Papel e Embalagem é hoje uma das líderes do setor de embalagens sustentáveis no Brasil. Controlada desde 1994 pelo Grupo Habitasul, tradicional grupo empresarial da região Sul do país, produz papéis para embalagens, chapas e caixas de papelão ondulado, além de resinas naturais de pinus, breu e terebintina, assegurando o fornecimento de produtos de matéria-prima renovável com alta qualidade. Alinhada às boas práticas da economia circular, tem produção integrada às florestas próprias e utiliza energia autogerada. Conta com unidades produtivas localizadas em Vargem Bonita (SC), Santa Luzia (MG), Indaiatuba (SP) e Balneário Pinhal (RS), além de responder pela gestão de florestas em Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Com escritórios em Porto Alegre (RS) e Joaçaba (SC), tem em seus quadros mais de 2.300 colaboradores.

 

 

Foto – Corpo de Baile do Teatro Alfredo Sigwalt

Crédito – Divulgação

Últimas Notícias