Mais perto de você!

Homem morre atingido por motosserra durante discussão na Serra Catarinense

Um homem de 26 anos foi preso no fim da manhã desta terça-feira (22) por suspeita de ter assassinado um colega de trabalho com uma motosserra. Em seguida, ele ainda teria tentado ocultar o corpo. O homicídio aconteceu na localidade de Bentinho, em São Joaquim, na Serra catarinense.

Segundo informações do Instituto Geral de Perícias (IGP), colegas da vítima e do suspeito informaram que os dois estavam trabalhando em uma área de reflorestamento quando começaram a discutir. Durante a briga, os demais trabalhadores deixaram o local. Quando retornaram, encontraram apenas um deles no serviço, como se nada tivesse acontecido.

O grupo então saiu à procura do colega que estava desaparecido e encontrou o corpo da vítima ao lado de uma árvore, parcialmente coberto por palhas.

A Polícia Militar (PM) de São Joaquim informou que o suspeito relatou que estaria recebendo xingamentos da vítima nos últimos dias. Ele teria chegado em um cavalo, ligado a motosserra e desferido o primeiro golpe, atingindo o pescoço da vítima, que também estava a cavalo. O homem atingido caiu e o suspeito teria dado os outros golpes com a motosserra.

Ainda segundo a PM, uma familiar do suspeito teria relatado que ele não teria dormido durante toda a noite.

A vítima foi identificada pelo IML de Lages como Luiz Carlos Branco Machado, de 37 anos. Ele era natural de Lages.

O suspeito foi preso no local do homicídio, onde teria confessado o crime. Conforme a polícia, ele disse que o motivo seria um desentendimento, mas não teria dado detalhes sobre o que levou à discussão. Ele foi levado até a Delegacia da Comarca de Lages.

Ainda nesta terça o suspeito deve seguir para o Presídio Regional da cidade, onde aguardará a audiência de custódia, que deve ocorrer na quarta no fórum. O suspeito deve responder por homicídio qualificado.

Créditos: NSC

MAIS NOTÍCIAS
COMENTÁRIOS
Carregando...
×