Homem colide carro em muro, saí do local e abandona…A ex chega e quebra o para-brisa

Às 23:12 Hs, a PM novamente foi acionada, para deslocar até a avenida Caçador, onde a mulher mãe das crianças que supostamente estariam com o ex marido, envolvido no acidente registrado horas antes, queria fazer um registro de desaparecimento, a qual foi orientada pelos policiais militares e o Conselho Tutelar acionado.

Na noite deste domingo, (01/09) a equipe da Policia Militar de Fraiburgo, por volta das 22:00 Hs, foi acionada para deslocar até a rua Santos Dumont, no bairro São José, onde um muro havia sido atingido por um veículo.

Chegando ao local, os militares conversaram com a proprietária da residência, a qual relatou que estava em sua casa e escutou um barulho, ao sair visualizou o veículo que tinha acabado de colidir em um muro e o condutor conseguiu tirar do local e se evadiu, porém,  o para-choque dianteiro com a placa  do carro, ficou no local.

Com os dados coletados, a equipe seguiu os rastros de água do veículo e localizou o FIAT Uno Mille abandonado no início da rua Santos Dumont.

Enquanto os policiais faziam o registro da ocorrência, chegou a ex mulher do proprietário e suspeito de ser o condutor do carro, a qual contou que o ex, estaria em um evento em Videira, quando no retorno aconteceu o acidente.

A mulher estava exaltada, perguntando aos policiais se os 3 filhos estavam com ele no momento do acidente, onde ela foi informada que uma testemunha, havia visualizado somente o homem saindo com o carro do local de impacto.

Durante a conversa com os policiais, segundo o Boletim de Ocorrência, a mulher em visível estado de embriaguez começou a ficar agressiva, dando chutes e socos no veículo no veículo Fiat Uno Mille, pertencente ao ex, vindo a quebrar o para-brisa.

Os policiais tentaram acalmar a mulher, para que ela não quebrasse o carro e nem se ferisse, porém, ela saiu correndo do local.

REGISTRO DO DESAPARECIMENTO DAS CRIANÇAS 

Às 23:12 Hs, a PM novamente foi acionada, para deslocar até a avenida Caçador, onde a mulher (que havia quebrado o para-brisa do Uno), mãe das crianças que supostamente estariam com o ex marido, envolvido no acidente registrado horas antes, queria fazer um registro de desaparecimento, a qual foi orientada pelos policiais militares e o Conselho Tutelar acionado.

Segundo a mulher, as crianças de 6,8 e 12 anos, teriam sido levadas pelo pai, porém, ela não sabia o paradeiro das mesmas, solicitando providências para a PM. Com a chegada do plantão do Conselho Tutelar, toda a situação foi averiguada e a suspeita no momento era que as crianças estivessem na casa de familiares em Videira.

O fato será investigado pela Policia Civil na possível abertura de Inquérito Policial e está sendo acompanhado pela entidades de proteção a criança.

Uma produção do Departamento de Jornalismo da Rádio Fraiburgo FM
Repórteres: Genauro Stefanski/Flávio Furtado/Rodrigo Mattos
MAIS NOTÍCIAS
COMENTÁRIOS
Carregando...
×