Bombeiro salva mulher que estava se afogando no Rio do Peixe

Uma ocorrência de salvamento foi registrada pelos Bombeiros de Videira, no inicio da noite desta quarta feira, (25/12) dia do natal, quando ligações para a Central De Operações do Corpo de Bombeiros(COBOM), informavam que uma mulher estava sendo vítima de afogamento no Rio do Peixe, proximidades do acesso ao Bairro Carelli.

Rapidamente os 4 bombeiros militares de serviço, deslocaram e iniciaram as buscas pelo ponto exato, onde estaria a vítima. Outras ligações ao 193, informavam que a vítima havia parado de pedir socorro e não respondia aos chamados emitidos na margem do rio. No deslocamento, uma guarnição da Policia Militar, passou a auxiliar os bombeiros nas buscas.

Em determinado momento, o Soldado Egon de Oliveira, visualizou a vítima entre as pedras e uma correnteza, aparentando estar submersa e não pensou duas vezes, deslocou por aproximadamente 50 metros, levando coletes salva vidas para o primeiro atendimento a vítima.

Fazendo o primeiro contato, o Bombeiro Militar, logo percebeu que a vítima de 42 anos, respirava, porém, estava muito fraca em decorrência do afogamento e com maestria, conseguiu colocar o colete na mulher, logo protegendo-a para que não afundasse.

Após alguns minutos com a mulher na água, ela voltou a respirar e o bombeiro conseguiu arrastá-la para outra margem do rio, sinalizando que a ambulância desse meia volta e chegasse ao local pelo bairro Farroupilha, ou seja, a guarnição precisou voltar pelo centro para chegar ao local. Um policial militar auxiliou na retirada da vítima das águas e vizinhos levaram toalhas para contribuir no trabalho do soldado Egon, que continuava a proteger a vítima, até que a guarnição desse a volta e realizasse os demais procedimentos.

Com telefone celulares, os moradores da área e o próprio bombeiro, faziam contato com a central para informar via rádio a localização onde estava a vítima retirada do rio e o como a ambulância chegaria ao ponto mais próximo.

“Devido a correnteza e profundidade, não tinha como sair por onde entrei, por isso houve a necessidade de fazer o resgate por outra margem, o que durou cerca de 50 minutos”, conta o soldado Egon, emocionado por ter salvado a mulher.

Após os procedimentos no local, a vítima foi encaminhada ao Hospital Divino Salvador para os demais atendimentos médicos.

Uma produção do Departamento de Jornalismo da Rádio Fraiburgo FM

Reportagens: Genauro Stefanski/Flávio Furtado/Rodrigo Mattos/Alan Moreira 

MAIS NOTÍCIAS
COMENTÁRIOS
Carregando...
×